Bandeira de Várzea Alegre, Ceará – Brasil

A Lei de Nº 006 de 22 de setembro de 1968. “Dispõe sobre a Bandeira do Município de Várzea Alegre.”

O Prefeito Municipal de Várzea Alegre:

Faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores decretou e eu sanciono e promulgo a seguinte lei:

Art. 1º – É criado a Bandeira do Município de Várzea Alegre, com a seguinte configuração: dois campos horizontais de iguais proporções sendo um verde e outro vermelho, abrindo-se ambos ao centro num grande círculo em cor branca no interior do círculo se engasta o mapa do Município partido ao meio em cores também verde e vermelho. No campo verde se ergue bem vivo o Sol, como simbolismo de um futuro iluminado de esperanças, no campo vermelho se situa o monte emcimado pela cruz, para caracterizar a civilização nascente e a tradição religiosa da terra. Em torno do mapa e aplicadas no branco seis estrelas doiradas representam os seis distritos que formam a unidade municipal. O círculo central acha-se entre duas faixas com os seguintes dizeres: na parte superior “Confia no Porvir”; na inferior “Sorrir ao Passado”.

Art. 2° – E considerando o módulo arbitrário “M” serão observadas na Bandeira as seguintes proporções: a altura corresponderá a 14 M, a largura a 20 M; o círculo central ficará a 6,5 M. Com relação a largura é 3,5 M com relação a altura? O mapa coloca-se – à sempre ao centro guardando, entre suas extremidades mais salientes e a linha circular, a distancia de 0,6 M; as faixas inferior e superior estarão a 1 M do circulo branco.

Art. 3º – A presente lei entrará em vigor no dia 10 de outubro, dia do Município, revogadas as disposições em contrário.

Paço da Prefeitura Municipal de Várzea Alegre, 22 de setembro de 1968.

Dr. Pedro Sátiro
Prefeito Municipal

Comentário de Tibúrcio Bezerra (Idealizador da Bandeira):

A bandeira foi concebida a partir da saga do município e do seu povo. Ela é uma síntese que procura resumir simbolicamente a formação e a história do município. Vejamos:

Um retângulo que se divide em dois campos, sendo um vermelho e o outro verde. O campo vermelho representa o sangue e a força de quantos lutaram pela consolidação do município. O campo verde representa a vegetação exuberante das matas e a esperança que sempre se renova de geração a geração.

Um círculo branco se abre ao centro invadindo os dois campos e representando o globo terrestre. No centro do globo o município é configurado em seu mapa. Uma linha transversal divide o mapa como as linhas imaginárias que dividem a história. No lado norte aparece o sol sempre a iluminar os caminhos do futuro. No lado sul, sobre um monte, uma cruz, como símbolo da origem cristã descrita na história dos nossos ancestrais.

Circulando o mapa, aparecem uma estrela maior representando a sede do município e cinco estrelas menores, representandoos distritos de Naraniú, Canindezinho, Calabaço, Riacho Verde e Ibicatú. As estrelas são todas amarelas representando o cacho do arroz maduro, tão abundante nos vales do município. Por fim, duas faixas aparecem: uma na parte superior e outra na parte inferior do globo. Na parte superior o lema “Confia no povir” e na inferior “Sorri ao passado”.

Fonte: varzeaalegre.ce.gov.br

Veja Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *