Fortaleza orgulha o Brasil com muita beleza

Teatro José de Alencar: belo exemplo de arquitetura em ferro (Fotos: Divulgação)

Sala de espetáculo do Theatro José de Alencar

Teatro centenário e centro cultural movimentam a cidade – O visual das praias de Fortaleza contrasta com o Centro da cidade, que merecia mais atenção. Mas o Theatro José de Alencar, que comemora este ano 100 anos, é um alívio para os olhos. Um dos mais belos exemplos da arquitetura de ferro no Brasil, o edifício possui uma sala de espetáculo em estilo art noveau com 120 lugares, além de espaços abertos para audições, conservatório, biblioteca e galeria.

Mercado Central: muitas pechinchas

Outro programa quase obrigatório para o turista é uma passadinha no Mercado Central. São quatro pisos onde se vende de tudo: objetos de decoração, roupas, calçados e alimentos. E quando fechar o Mercado Central, às 18 horas, você pode partir para a feirinha à beira-mar, que funciona até às 23 horas. Fica na Praia de Meireles, onde o calçadão é extremamente agitado no fim da tarde. Da orla dá para ver as jangadas perto do Mercado dos Peixes.

Praia do Mucuripe em Fortaleza – CE

À noite, um bom destino é o badalado Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O espaço fica numa região central que reúne muitos bares. Música, cerveja gelada e agito formam o cenário ideal para diversão. Outra opção é o Mucuripe Club, lugar ideal para curtir um bom show.

A Avenida Beira-Mar, que margeia as praias do Meireles e Mucuripe, reúne os principais hotéis, bares e restaurantes. As águas quentes e cristalinas desta orla são um convite a um mergulho

Rapadura gigante e falésias são programas diferentes – Ir para o Ceará e não trazer uma renda ou uma rapadura é perder a oportunidade de curtir o que há de mais típico por lá. Por isso, não deixe de ir a Iguape, um distrito de Aqui­­raz, município que fica a 30 quilômetros do Centro de Fortaleza. Lá, no Complexo de Artesanato de Aquiraz, estão as rendeiras, que ven­­dem peças como saídas de praia (R$ 30), camisetas (R$ 25) e trilho pa­­ra mesa (R$ 30). Ali perto também está instalado o Engenho Casa Grande, no município de Pindo­­retama, onde está a maior rapadura do mundo. São 6,23 metros de comprimento e 2.190 quilos. Nesse local dá para comprar rapadura, natural e de outros sabores, e vinho de caju.

Já quem quer conhecer me­­lhor como são feitas as famosas garrafinhas com paisagens desenhadas com a areia colorida da região de For­­­­­taleza deve seguir para Morro Branco, uma bela praia do município de Beberibe, que fica a aproximadamente 80 quilômetros da ca­­pital. Lá, em cerca de 40 minutos, é possível percorrer os três quilômetros de falésias de onde eram retiradas as areias coloridas. Hoje, a área é preservada e denominada Mo­­numento Natural das Falésias de Beberibe. A areia para o artesanato vem agora de outro local de ex­­­­tração. Para finalizar esse passeio, não deixe de pegar um buggy até a Praia das Fontes. Custa R$ 30.

* * * * *

Serviço – Complexo de Artesanato de Aquiraz: rodovia CE-040, no trevo de Iguape, a 8 km, em Aquiraz. Monumento Natural das Falésias de Beberibe: também segue pela CE-040 e pega o acesso à Praia do Morro Branco. Engenho Casa Grande: km 48 da rodovia CE-040.

Theatro José de Alencar: Rua Liberato Barroso, 525, Centro (http://www.secult.ce.gov.br/TJA/principal.asp). Mucuripe Club: Travessa Maranguape ,10, Centro (www.mucuripe.com.br). Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura: Rua Dragão do Mar 81, Praia de Iracema (www.dragaodomar.org.br/). Mercado Municipal: Endereço: Rua Alberto Nepomuceno, 199 (www.mercadocentralfortaleza.com.br/).

Não deixe de experimentar as tapiocas – Na volta do passeio a Morro Branco, no bairro Messejana, já em Fortaleza, dá para dar uma paradinha no Centro das Tapioqueiras. Fica na rodovia CE-040. Pegue o cardápio porque as opções são muitas. Alguns têm mais de 50 recheios salgados e quase 30 doces.

Sobre as mesas estão as garrafas térmicas com café e as xícaras já à disposição. Isso porque tapioca se come com café, em qualquer hora do dia e independentemente da temperatura, segundo o costume dos cearenses. Mas quem preferir pode pedir outra bebida, inclusive a Cajuína, refresco feito do suco do caju. Bem doce.

A tapioca é só uma das delícias da cozinha cearense. São imperdíveis os pratos de frutos do mar. No Beach Park, por exemplo, o cardápio foi elaborado pelo chef Bernard Twardy, que teve sua formação culinária na Alemanha e na França. Ele está no Brasil desde 1989.

Um bom almoço no Beach Park pode ter, de entrada, queijo coalho grelhado com mel, balõezinhos de macaxeira recheados com queijo coalho e com carne seca e camarão ao bafo com vinagrete. E o prato principal, moqueca de frutos do mar. Perfeito.

Serviço – Centro das Tapioqueiras. Avenida Washington Soares ,10.215 – Messejana. Telefone: (85) 3274-7565.

Mais fotos de Fortaleza, Ceará:

   

   

Veja Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *